quinta-feira, julho 07, 2011

Vento

Enquanto caminho,
Sem qualquer alento,
Sinto o vento.
Mas quando corro,
Com toda a força,
Não sinto o vento.

Será que o vento só existe
Quando nele nos refugiamos,
Ou será que o vento desaparece
Quando dele não precisamos?

Não sei.
Neste momento,
Apenas sinto o vento.