sexta-feira, fevereiro 03, 2012

Cego

Cego.
Sem ti navego.
Sem orientação,
Perdi a noção.
Cego..
Apenas a ti vejo
A ti me entrego
A ti me deixo...
Cego...
Nada te nego.
Nada te peço,
Apenas um começo.

Um comentário:

mariam disse...

Pode assim ser o enleio... o amor...
Poema sentido e com sentido.
Parabéns pelo blog. Longa vida!

Um sorriso :)
mariam