domingo, dezembro 09, 2012

Desafio de ser poeta


O poeta nunca desiste,
Porque mesmo por vezes triste,
Ele liberta-se em palavras
Como se fossem as suas armas.
Numa pura alegria das rimas
Com as quais te animas…
Ou com a emoção dos versos
Que vão aos sentimentos submersos
Da tal "tristeza" poética,
Que por vezes se torna romântica
Num jogo simplesmente complexo
Que para alguns não tem nexo,
Mas para outros muito vale.
É esse o papel do poeta:
Lutar contra esse mal
De dizer que poesia nada vale,
É esse o alvo e as palavras a seta.
E com o tempo vai aperfeiçoando
E às costas o desafio vai levando
Mas poeta que é poeta
Não sente o peso
E disso eu não me esqueço.

3 comentários:

Su Palanti disse...

Dizer o que é um poeta em palavras
Dizendo este sentimento que em nós lavras
É sentir as durezas de nossas criações
Um sopro de vida em todas as direções
Obrigada pela linda descrição
Guardarei-a para sempre em meu coração

Um abraço

Celeste Seabra disse...

Um poeta que é poeta, sabe sonhar e sentir os sonhos escritos que lhe entram peito adentro....Adorei

Solange Moreira de Souza disse...

Realmente, escrever o que vem da alma e do coração.
Esta é a poesia, sentida as vezes sofrida, as vezes feliz.
Lindo poema.
Beijos